Contracepção durante a amamentação

Amamentação é a melhor forma de promoção da saúde do bebê e da mãe. Se, por um lado, ao alimentar a criança, ela é protegida contra vários problemas de saúde, por outro, ela garante seu desenvolvimento como um todo.

A escolha do método contraceptivo na amamentação deve levar em conta a eficácia na prevenção de uma nova gravidez, a fim de que não interfira na produção do leite materno e seja seguro para o bebê.

Contracepção durante a amamentação.

Depois do período de resguardo (espaço de quarenta dias depois do nascimento), a mulher pode iniciar o uso do método contraceptivo que melhor lhe atenda.
É preconizado que a mulher se proteja ao longo do período de amamentação, para não engravidar neste momento, caso seja uma opção dela.

Ao escolher o método contraceptivo, é preciso ter em mente se existe a intenção de uma futura gravidez. Nesse caso, a mulher poderá optar pela pílula contraceptiva, que é uma alternativa que apresenta alta eficácia, praticidade e fácil reversão.

A mulher deve essencialmente pensar em uma opção segura, melhor para o bebê, que não interfira na produção e na qualidade do leite materno, bem como no crescimento e desenvolvimento do recém-nascido.

Já existem contraceptivos para a fase de amamentação que não interferem no desenvolvimento e crescimento da sua joia mais preciosa (bebê).
Consulte seu médico.